A importância do duplo fator de autenticação para a segurança da empresa

Facilitar o acesso aos dados não precisa provocar nenhuma vulnerabilidade ao ambiente. Pelo contrário, é possível simplificar o tratamento de informações sem comprometer a segurança da empresa.

Para ser 100% seguro e conveniente, todo acesso deve passar por uma camada adicional de segurança no processo de login, exigindo do usuário o fornecimento de dados em duas formas de autenticação.

Por que o duplo fator de autenticação é importante?

A primeira forma mais usual para avaliar logins é através de senha. Porém, senhas possuem diversas fragilidades e, caso sejam descobertas, abrem um caminho para o portador da senha, mesmo que este não seja quem diz ser.

Na autenticação em dois fatores, o usuário precisar possuir um dado adicional e saber mais informações.

A autenticação de dois fatores é uma barreira preocupada em vetar acessos indevidos de forma minuciosa. Como dito, uma única senha não é garantia de segurança, por isso, é necessário estabelecer uma sequência de outros procedimentos de verificação, saindo de um fator de proteção básico ou antigo para praticar novos padrões de logins.

O importante é garantir métodos personalizáveis para democratizar uma segurança de alta performance

Cada empresa reconhece uma demanda particular para seus sistemas de acesso, comunicação e armazenamento. Baseado nas especificações de cada negócio é possível saber qual duplo fator de autenticação é a decisão mais assertiva. Não existem padrões fechados, essa estrutura de verificação pode e deve ser estrategicamente personalizada.

Tradicionalmente, falar de acesso seguro é indicar senhas complexas, mas o duplo fator de autenticação vai além das análises de credenciais e estabelece novos critérios de verificação.

Essa rigidez reconhece acessos habituais, mas também é capaz de identificar ameaças rapidamente e com objetividade corretiva.

Qualquer falha na segurança digital pode causar danos gigantes ao patrimônio de um negócio

Do mesmo modo que o ambiente corporativo tradicional requer segurança para seus dados, o trabalho remoto exige as mesmas condições de proteção. Um mesmo padrão de senha, quando usado em sincronia com outros aplicativos, sistemas e plataformas, pode colocar informações corporativas em risco ou vazar informações de clientes.

O duplo fator de autenticação impede que credenciais sejam manuseadas de forma indevida e restringe acessos para mediar até onde é seguro aquele usuário ir

O compartilhamento de dados é essencial para qualquer empresa, sem o qual fica impossível agilizar serviços e comunicar decisões ou mudanças. Instalar uma autenticação multifatorial é governar acessos com alta tecnologia e metodologias confiáveis.

A verificação em etapas dificulta a ocorrência de fraudes ou erros, mas facilita correções imediatas e pode gerenciar tudo de forma remota. 

Compartilhe este artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Confira os próximos assuntos

Aumento explosivo de infecções por Ransomware

Ransomware já é uma grande ameaça para os dados corporativos, e a demanda da diversidade de ataques não para de crescer. Entenda como ele ataca, como se proteger e quais ferramentas usar para ajudar.