Aumente a resiliência de TI e de armazenamento

Atualmente, devido ao grande volume de dados gerados no cotidiano, torna-se necessária a identificação das melhores estratégias para a gestão dessas informações, especialmente diante das exigências no tratamento de dados pessoais trazidas pela Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Os dados das empresas estão sujeitos a riscos advindos não apenas do ataque de hackers, mas também de uma série de problemas que podem ocorrer no dia a dia, como desastres, roubo de máquinas, problemas de hardware e falhas humanas. Desse modo, em caso de algum incidente, se houver um plano de recuperação bem estabelecido pela empresa, esta poderá voltar às atividades rapidamente e com o menor impacto possível para os negócios.

Para proteger os dados pessoais de seus clientes e garantir o acesso aos seus dados essenciais, é preciso contar com uma estratégia de resiliência de TI e armazenamento de dados. Afinal, qualquer descuido no uso e tratamento dessas informações pode acarretar na paralisação das atividades, perda de credibilidade e prejuízos financeiros para as empresas.

Nesse artigo vamos abordar a importância da resiliência de TI e do armazenamento para garantir a proteção dos dados.

 

A importância da resiliência de TI para a proteção dos dados

O conceito de resiliência cibernética vai além do ideal de garantir uma segurança poderosa para o meio digital. Afinal, no cenário atual, esses ambientes se tornaram tão complexos, que é praticamente impossível alcançar uma postura totalmente sem ameaças. A verdade é que qualquer rede está sujeita a violações, falhas ou interrupções. Por isso, é importante contar com um plano de restauração e recuperação de dados.

A resiliência de TI pode ser compreendida como a capacidade de uma organização continuar entregando os resultados desejados apesar dos incidentes cibernéticos. Basicamente, um sistema resiliente é aquele capaz de cumprir a sua missão mesmo diante de crises e adversidades, garantindo, assim, a disponibilidade dos dados e aplicativos.

A abordagem de resiliência de TI usa tecnologias avançadas e melhores práticas para ajudar a avaliar riscos, priorizar e proteger aplicativos e dados críticos de negócios. Essa estratégia garante acesso contínuo aos dados, onde quer que estejam, e protege as informações em caso de falhas.

Quando pensamos em diretrizes de segurança, há três aspectos relacionados ao espectro da prevenção: “Identificar, Proteger e Detectar”. E, depois que o ataque acontece, há duas funções restantes: “Responder e Recuperar”. A resiliência cibernética entra em jogo justamente nessas duas últimas fases.

Essa estratégia compreende vários processos e planos de ação para enfrentar as adversidades na infraestrutura de tecnologia, minimizar os danos à rede e evitar interrupções nas atividades das empresas.

 

Aumente a proteção com o backup e o armazenamento de dados

Aliar a segurança da informação e a resiliência operacional com uma boa solução de backup é fundamental para lidar com malwares, ransomwares, falhas sistêmicas e outros problemas que podem levar à perda de dados importantes. 

O backup permite realizar cópias das informações, armazená-las em locais estáveis, adotar protocolos preventivos e corretivos para desastres e recuperar esses dados de modo ágil e correto. Desse modo, se bem configurado, ele possibilita evitar períodos de inatividade, perda de produtividade e gastos desnecessários.

Os cuidados com a segurança da informação se mostram ainda mais necessários com o uso dos recursos de cloud computing. Em comparação aos data centers tradicionais, os dados na nuvem não estão localizados em repositórios centrais. Em função disso, torna-se ainda mais desafiador rastrear e proteger essas informações. Além disso, a transformação digital e a hiperconvergência criaram lacunas não intencionais para riscos de ataques, vulnerabilidades e falhas nos sistemas. 

Para garantir a segurança, as organizações devem adotar uma infraestrutura sólida e capaz de processar dados de maneira rápida e eficiente. Independentemente Se a cópia for local, externa ou em nuvem, o backup completo fará uma reprodução de todas as informações necessárias às empresas.

As novas soluções de resiliência e de backup em nuvem oferecem benefícios adicionais para a cópia e recuperação dessas informações, pois os dados não precisam mais ficar expostos em um único dispositivo, além de poderem ser acessados de qualquer lugar.

 

Como criar uma estratégia de resiliência e armazenamento

Para garantir a confidencialidade, integridade e disponibilidade dos dados pessoais e das informações processadas ou armazenadas, algumas boas práticas devem ser adotadas:

  1. Crie um plano de resiliência cibernética que permita analisar como os dados são criados, difundidos e armazenados, de modo a garantir a segurança em cada etapa.
  2. Faça uma análise completa da estrutura de redes, do banco de dados, dos equipamentos, das aplicações, das configurações de servidores e dos backups.
  3. Mantenha os procedimentos e sistemas sempre atualizados.
  4. Garanta a adesão aos procedimentos de segurança da informação em todos os dispositivos utilizados pelos colaboradores – incluindo smartphones, tablets e computadores pessoais. Para isso, podem ser usadas, por exemplo, conexões de rede privada (VPN).
  5. Adote controles de acesso, para que os seus colaboradores acessem apenas as informações necessárias para a prestação dos serviços
  6. Além do backup, soluções como criptografia e duplo fator de autenticação trazem mais proteção para os seus dados. 
  7. Ainda, é recomendável o uso de boas soluções de antivírus, firewall e DLP para complementar a segurança contra as ações dos cibercriminosos.

A boa notícia é que as empresas não precisam mais investir em soluções caras e difíceis de manter para implementar e manter uma solução de resiliência de TI e de backup. Mesmo pequenas e médias empresas, que não têm recursos para grandes investimentos e capacitação para garantir a segurança e atualização constantes, podem contar com a ajuda dos nossos serviços gerenciados. 

Com essa modalidade de serviço, a AIM7 atua como se fosse a própria área de TI da empresa contratante. A nossa equipe fica responsável por todo o processo que envolve a solução, seja configurar, reformatar, atualizar ou monitorar a saúde do produto e dos endpoints do cliente.

A nossa oferta de proteção cibernética atualizada é uma solução abrangente de backup e recuperação de desastres que está integrada com recursos de proteção cibernética. Este serviço permite rodar uma cópia funcional do servidor diretamente na nuvem até que o servidor físico com problema volte a funcionar ou seja substituído por outra máquina física, sem custos adicionais.

[Conheça o AIM7 Cyber Security Cloud]

Compartilhe este artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Confira os próximos assuntos

Soluções EDR e XDR aumentam a segurança dos endpoints

Segundo uma pesquisa da Kaspersky, cerca de 40% das médias e grandes empresas não têm informações suficientes sobre as ameaças complexas que enfrentam. Esses incidentes podem interromper processos essenciais aos negócios, prejudicando a produtividade e aumentando os custos operacionais.
Saiba como EDR e XDR podem ajudar.