Como aumentar a segurança de dados reduzindo custos

Esperar algum problema acontecer para só assim atuar nele é hábito ultrapassado. Agora, a segurança da informação opera gerenciando eventos periódicos para evitar adversidades.

Assim como o mercado mudou e o modelo de consumo vive um constante movimento de prioridades, os agentes de TI deixaram de ter suas obrigações limitadas ao conserto de aparelhos.

A permanência da eficiência está diretamente associada à prática de um suporte de TI proativo, preventivo e contínuo. Mas isso gera diversos custos, desde a contratação de especialistas – ou capacitação destes – até a aquisição de monitoramento e softwares de proteção.

Uma solução já existente, mas ainda pouco utilizada para estes desafios, é o MSP – Managed Service Provider – ou, de forma simplificada, Serviços Gerenciados.

A segurança da informação depende de serviços integrados e assistência continuada

Ainda em 2020, pequenas e médias empresas (PMEs) dirigem seus negócios sem escalar uma infraestrutura de segurança da informação. A causa dessa realidade, muitas vezes, é a necessidade de reduzir custos por conta de mudanças ou períodos de crises.

Toda empresa só se mantém livre de complicações ou riscos quando existe uma base técnica preparada para lidar com as ameaças e corrigir as fragilidades do negócio.

Como solução para esse ponto crítico, já temos ferramentas priorizando a promoção da segurança, mas com um custo-benefício acessível, proporcionando investimentos mensais e com valores minimizados.

Através dos Serviços Gerenciados, a consultoria de TI pode fornecer para pequenas e médias empresas, dentre outros, uma solução de proteção de dados  atrelada  a um projeto de implementação e configuração que garantirão o sucesso da instalação e utilização posterior da ferramenta, sem preços exorbitantes.

É possível cuidar da segurança dos negócios sem recorrer ao uso de recursos caros ou compras definitivas de ferramentas. Adquirir softwares e serviços técnicos via assinatura mensal e personalizar a solução para a realidade financeira da empresa é proporcionar ampla segurança sem colocar sua estabilidade econômica em risco.

Quando aplicamos softwares adequados, e não necessariamente os mais custosos, a proteção de dados pode acontecer de forma economicamente eficiente.

A segurança da informação também é uma urgência para as PMEs

Segundo o IBGE, 40% das pequenas e médias empresas sofrem violação de dados com muita frequência. Mesmo sendo um cenário preocupante, já existem soluções econômicas e eficazes para ajudar a reduzir esse índice, tais como software de gestão de armazenamento, compartilhamento, acessos e rede.

Proteger informações é garantia de crescimento seguro e gradativo

Antecipar possíveis complicações e otimizar soluções para focar na qualidade do desempenho das operações é benefício comum na prática de uma política de segurança auxiliada por sistemas modernos e agentes de TI multifuncionais.

Incorporar serviços gerenciados em pequenas e médias empresas já possibilita utilizar um padrão de proteção igual ao de grandes corporações.

Serviços integrados, suporte continuado, assistência em tempo real e projetos de segurança personalizados são algumas das vantagens causadas pela presença da infraestrutura de proteção do MSP.

Para todo e qualquer tipo de projeto existe uma gama de tecnologias capazes de modernizar processos e preservar a integridade dos dados das pequenas e médias empresas.

A segurança da informação é dinâmica e pode ser alinhada segundo os valores específicos de cada negócio. Hoje, as PMEs também podem viver uma experiência de proteção integral, sem que seja necessário exceder seus investimentos.

 

Compartilhe este artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Confira os próximos assuntos

O uso do PIX para fraudes

O PIX ainda nem foi lançado, mas os cibercriminosos já estão utilizando o cadastro prévio para roubar informações. Entenda como funciona e saiba prevenir seus colaboradores.