Data Loss Prevention para Pequenas e Médias Empresas

Proteger informações deixou de ser uma preocupação exclusiva das grandes corporações e se tornou essencial também para pequenas e médias empresas (PMEs).

Seja para respeitar regulamentações como a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) ou para preservar a integridade de documentos sensíveis, hoje, recorrer ao DLP (Data Loss Prevention) é a melhor ação custo-benefício contra a perda de dados.

Cerca de 40% das PMEs sofrem com ataques cibernéticos rotineiros (IBGE)

Atualmente hackear pequenas e médias empresas é prioridade para um cibercriminoso. Tanto pela lucratividade estimada, quanto pela facilidade em violar a confidencialidade deste tipo de empresa. Quando elas não equipam seus negócios com uma infraestrutura baseada em políticas de segurança, toda sua estrutura comercial acaba ficando muito vulnerável.

Apenas 21% das PMEs praticam uma política de segurança bem definida (IBGE)

Como saída para essa situação preocupante, munir pequenas e médias empresas com ferramentas de vistoria, detecção e bloqueio, é necessidade que precisa ser sanada com urgência. Aumentar a segurança sem elevar os custos de manutenção é medida sustentável e devidamente praticada por soluções de DLP.

Perda de dados pode provocar prejuízos a curto ou longo prazo. Sendo assim, investir em soluções acessíveis como o DLP pode ser uma opção barata e segura para PMEs

Manter os dados confidenciais seguros é praticar um regime de prontidão contra todos os tipos de ameaças cibernéticas. Seja no armazenamento de dados, no compartilhamento de informações ou no controle das conexões, as pequenas e médias empresas também necessitam de uma proteção contínua e escalável como a que o DLP fornece.

Desde 2017, os ataques cibernéticos visam PMEs ao invés de grandes corporações (Ponemon Institute)

Reguardar a integridade dos dados deve ser uma prioridade para empresas de qualquer tamanho ou segmento. Com o DLP, por exemplo, é possível personalizar recursos e custos sem abrir mão de uma performance segura quando o objetivo é impedir vazamento de dados ou adulteração de sistemas.

Preservar a propriedade intelectual (IP) das empresas é garantir a expansão da segurança para dados, equipes e clientes

Gerenciar a mobilidade de dados e analisar fluxos de informações ou repouso de documentos são rotinas importantes demais para serem fragilizadas ou passivas de fraude. Soluções baseadas em recursos de DLP operam visando a prevenção contra perdas de dados através de um gerenciamento de eventos e varredura de conteúdo.

O DLP coleta e analisa dados para administrar acessos ou relatar ações suspeitas

Com implantação simplificada e rápida, o DLP pode atuar nas PMEs de forma personalizada, entendendo as reais necessidades das empresas e corrigindo as vulnerabilidades imediatamente.

O DLP democratiza a proteção de dados, pois é flexível e adaptável para qualquer realidade de negócio

Pequenas e médias empresas também precisam de um sistema de segurança adaptado aos seus níveis de risco e recursos. Proteger sistemas de e-mail, banco de dados e redes contra vírus, malware e vazamento intencional ou acidental, é defender os negócios contra estragos financeiros sérios, quando não evitados

Aplicar DLP nas PMEs é adquirir competência necessária para diagnosticar, evitar e corrigir esse conjunto de múltiplas ameaças.

Pequenas e médias empresas merecem e precisam do mesmo nível de segurança das grandes organizações. E para isso ser praticado, já existem ferramentas eficientes e econômicas como o Safetica DLP.

Compartilhe este artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Confira os próximos assuntos

O uso do PIX para fraudes

O PIX ainda nem foi lançado, mas os cibercriminosos já estão utilizando o cadastro prévio para roubar informações. Entenda como funciona e saiba prevenir seus colaboradores.