7 dicas básicas de Segurança da Informação para as equipes empresariais

Segundo informações da revista Veja, o Brasil é um dos principais alvos de ataques de hackers — algo que evidencia as vulnerabilidades do nosso país e o descuido das empresas. No entanto, quais seriam as melhores dicas de Segurança da Informação?

Para sairmos dessa dura realidade estatística, não bastam apenas conversas a respeito do assunto, mas sim instaurar medidas que realmente tornam seguro o ambiente corporativo para colaboradores, fornecedores e clientes, de modo que se consiga medir e acompanhar o desempenho da sua equipe de TI.

Tendo isso em vista, acompanhe abaixo 7 dicas primordiais de Segurança da Informação que podem facilitar a rotina empresarial!

1. Desenvolva uma política de segurança da informação 

Levando em conta que nem sempre as pessoas mostram ter bom senso ao utilizar os computadores da empresa, o desenvolvimento de uma política de segurança é algo fundamental para ajustar o que pode ou não ser feito no ambiente corporativo. Essa deve ser a prioridade máxima do TI, para os departamentos possam realizar suas funções sem quaisquer prejuízos ao bom andamento dos negócios.

Nenhum tipo de companhia está a salvo de ataques cibernéticos, então não custa tomar as devidas providências para evitar possíveis dores de cabeça no futuro, não é verdade? Para isso, estipule um manual de boas práticas para que os colaboradores tenham noção de como proceder em diversas situações relacionadas à tecnologia e, principalmente, no manuseio de dados e informações sigilosas.

2. Crie senhas realmente seguras

Você acha mesmo que colocar sua data de aniversário, nome do cachorro ou qualquer outro tipo de informação fácil de descobrir será uma senha segura de fato? Saiba que em matéria de se precaver em relação aos cybercriminosos, você precisa rever os seus conceitos e estruturar melhor suas senhas, tornando-as difíceis e complexas.

O ideal para uma senha forte é que ela tenha, pelo menos, uma letra maiúscula, números e caracteres especiais ($, #, %, &, * etc.), para tornar o acesso mais complexo, evitando, assim, a entrada de criminosos virtuais nos sistemas empresariais. A cada três meses, revise e troque suas senhas, especialmente de roteadores, e-mails corporativos e redes sociais.

3. Proteja seus dados pessoais

Ninguém deseja fazer parte das estatísticas lamentáveis de ataques de bandidos virtuais. Por isso, é imprescindível que todos na empresa tenham zelo por informações pessoais, sejam aquelas da própria companhia, sejam dados de terceiros. É fundamental que se cumpra as exigências da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que, embora não esteja em vigor oficialmente ainda, as empresas precisam se preocupar e se adequar ao que ela regerá. 

Tenha o máximo de cuidado com o fornecimento de qualquer tipo de informação quando não souber se o site acessado é confiável ou não, afinal, os criminosos digitais conseguem burlar coisas que jamais imaginaríamos, como divulgar um site falso. Sendo assim, evite fazer cadastros aleatórios pela internet, fornecer documentos como CPF, RG ou endereço residencial e comentar informações sigilosas com pessoas desconhecidas.

4. Analise os e-mails recebidos

No intuito de se proteger em relação aos e-mails maliciosos, torna-se essencial que você fique de olho nas mensagens recebidas em seu departamento bem como nos demais setores, a fim de evitar que os funcionários caiam em fraudes por descuido. O serviço de e-mail é um dos maiores meios de propagação de vírus, links maliciosos, arquivos mal-intencionados, de modo que é necessário ter cuidado o tempo todo.

Lembre-se sempre de aplicar filtros para qualificar como SPAM mensagens com possíveis características de golpe, pois isso é uma forma de separar o joio do trigo a respeito do que é recebido na empresa. Além disso, desconfie de arquivos “baixáveis”, links avulsos e assuntos sensacionalistas, porque a tendência é ser alguma cilada para fazer alguém cair num ataque ransomware, por exemplo.

5. Faça backups periodicamente

Independentemente do tamanho da empresa ou número de funcionários, realizar backups diários é de suma importância para o bom funcionamento da companhia e é uma das grandes dicas de segurança da informação. Entenda que há sempre a possibilidade da máquina te deixar na mão em algum momento, então, preocupe-se com o armazenamento seguro de informações primordiais para o negócio.

É uma medida simples que promove uma certa tranquilidade em relação aos dados, de modo que não haja preocupações quanto à perda ou roubo deles por pessoas que queiram se aproveitar de vulnerabilidades. Vale ressaltar que, apesar de ter a opção de armazenar os dados em HDs externos, assegure-se de que as informações estejam salvas na nuvem também.

6. Instale um antivírus de qualidade

Embora não seja uma grande novidade, existem muitas organizações que negligenciam o uso de softwares de segurança e, ainda por cima, arriscam-se em instalar programas com senhas “crackeadas”, ou seja, sistemas pirateados que são facilmente encontrados na internet. Para não deixar a empresa à mercê de atacantes cibernéticos, uma das melhores medidas de proteção é optar por uma solução de antivírus de qualidade.

Programas desse tipo devem ser instalados em todas as máquinas e dispositivos pertencentes à empresa, de modo que haja varreduras atualizadas e regulares para evitar qualquer interferência de hackers. Existem várias alternativas de antivírus no mercado, e o ideal é que o antivírus seja gerenciado por pessoas competentes, e, se possível, concomitantemente com boa gestão do firewall corporativo também.  

7. Realize treinamentos constantes 

Tão importante quanto as demais dicas de segurança da informação é a educação em torno do tema, pois a rotatividade de colaboradores costuma ser grande em várias companhias e é sempre importante revisar a política de segurança junto a todos. Orientar os colaboradores faz com que haja precaução em torno da engenharia social, por exemplo, de modo a evitar  vazamento de informações, dentre outras coisas.

Como ninguém nasce sabendo e nem todo mundo tem conhecimentos compatíveis com a área de TI, ofereça instruções bem didáticas a todos os funcionários para que o entendimento sobre o assunto seja o melhor possível. Inclusive, realize treinamentos com frequência de modo a indicar as boas práticas de navegação na web, os cuidados quanto às mensagens de e-mail, a preocupação com dispositivos removíveis etc.

Por fim, servindo até como bônus dessas dicas de segurança da informação, opte pela criptografia de dados sigilosos da empresa e mantenha os sistemas sempre atualizados, pois medidas assim são primordiais para proteger seus arquivos.

Caso tenha gostado de ler sobre esse assunto e queira descobrir como podemos solucionar os seus problemas de segurança, então aproveite para solicitar um orçamento agora mesmo!

Compartilhe este artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Confira os próximos assuntos

O uso do PIX para fraudes

O PIX ainda nem foi lançado, mas os cibercriminosos já estão utilizando o cadastro prévio para roubar informações. Entenda como funciona e saiba prevenir seus colaboradores.