O que é SaaS? Saiba como funciona e os benefícios que pode trazer!

Provavelmente, você já percebeu que o acúmulo de programas instalados em uma máquina ou dispositivo móvel pode deixar a sua utilização mais pesada, certo? O que acha de mudar as suas concepções e explorar o mundo do SaaS? 

Esse tipo de conceito surgiu no início dos anos 2000 e ganhou espaço como um modelo de negócios crescente, adaptativo e que segue as tendências da sociedade.

Hoje faz parte da rotina de muitas empresas e exerce um papel crucial no aprimoramento das políticas de segurança da informação.

Neste artigo, vamos explicar melhor  o significado de SaaS, dar exemplos práticos, apresentar as vantagens e mostrar os desafios da gestão. Confira!

Afinal de contas, o que é SaaS?

A sigla é proveniente do termo Software as a Service (Software como serviço), e trata-se de um programa que não necessita de instalação na máquina, sendo utilizado como um serviço por meio da conexão com a internet.

Ou seja, sua empresa não tem a obrigação de investir tanto em CAPEX como fazia antes, tendo em vista que esse modelo de negócio propõe uma utilização simples.

Os fornecedores são os protagonistas nesse cenário, uma vez que a responsabilidade de manter a estrutura do software é exclusiva deles.

Todo o acesso aos dados e informações das quais necessitam fica disponível de forma online, cujo gerenciamento é organizado para que o cliente usufrua do serviço de maneira justa e econômica.

O princípio utilizado é o de cloud computing (computação na nuvem), que consiste em uma tecnologia a qual um espaço na web é disponibilizado para o devido armazenamento de dados.

Uma boa analogia para compreender o SaaS é comparar com um banco digital, ou seja, em vez de você guardar o dinheiro em sua casa, eles fornecem um serviço online que mantém o seu patrimônio seguro.

Quais são os maiores exemplos de SaaS atualmente?

Na sua rotina corporativa ou pessoal, você costuma utilizar plataformas como Dropbox, Google Drive, Spotify, Netflix e PayPal? Então você faz uso de SaaS há um bom tempo e não tinha a mínima ideia disso.

Sim, os softwares que exercem a função de serviço estão presentes em praticamente tudo que realizamos no dia a dia, desde o armazenamento de dados até o controle do fluxo de caixa.

Seja para o entretenimento, seja para o mundo corporativo, o conceito de SaaS já não é tão abstrato assim, pois é um aliado importante nas mais diferentes áreas da vida.

Plataformas de CRM (Customer Relationship Management) e ERP (Enterprise Resource Planning) usufruem bastante disso, potencializando o gerenciamento de informações e dando visibilidade para as principais áreas da empresa.

No quesito segurança também vemos bons exemplos de SaaS que protegem contra os ataques ransomware e permitem que o usuário manuseie os dados de forma confiável.

A Kaspersky, por exemplo, já disponibiliza funcionalidades desse tipo, dispensando a necessidade de aquisição tradicional do programa, porque as informações são hospedadas na nuvem.

Quais são os principais benefícios do SaaS?

Bom, você já sabe o que é SaaS e notou o quanto ele está presente no nosso dia a dia por diversas maneiras, certo?

Para que entenda melhor o porquê desse modelo de negócio crescer gradativamente, veja abaixo as principais vantagens do SaaS, a fim de minimizar os problemas da empresa e ter uma gestão aprimorada.

Satisfaz o bolso dos usuários

Por não precisar investir em programas instalados em várias máquinas, o custo-benefício do SaaS é muito melhor, tendo em vista que você só paga por aquilo que utiliza e não se preocupa com os custos de manutenção.

É possível aproveitar serviços assim por meio de pagamentos mensais, semestrais ou anuais, tendo pacotes diferenciados conforme as necessidades de cada empresa.

Ajuda a acessar os dados de qualquer lugar

Imagine a seguinte cena: o gestor está em outro país e precisa resolver um problema em relação às vendas, mas o software que gerencia isso está em um computador dentro da empresa.

Com o SaaS não há barreiras como essa, já que você pode acessar a informação de qualquer lugar em que esteja, desde que tenha conexão com a internet, o que torna a comunicação mais ágil e facilita a tomada de decisão.

Apresenta várias formas de customização 

Sem sombra de dúvidas, um dos fatores que torna o SaaS escalável e com uma performance atraente é o poder de customização que fornece ao usuário, isto é, você não precisa ficar refém de um programa engessado que tem apenas um serviço.

É possível contar com funcionalidades que personalizam o software para que atenda as particularidades de cada empresa, mantendo  as atualizações automáticas.

Sincroniza facilmente com outros sistemas

Antes a gente montava um verdadeiro “Megazord” de programas para obter as informações indispensáveis ao fluxo do negócio, não é verdade?

No entanto, com o modelo SaaS é possível integrar diversas plataformas complementares e otimizar suas demandas, inclusive, até minimizando o tempo gasto com backups de todos os tipos.

Quais são os principais desafios encontrados nesse modelo de negócio?

Claro que nem tudo são flores e algumas preocupações são necessárias para tornar o uso desses serviços o melhor possível, respeitando a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) principalmente.

É fundamental que haja um planejamento cuidadoso nesse processo de transformação da empresa, no intuito de mapear os programas existentes e treinar a equipe para mexer com um novo modelo na nuvem.

De maneira geral, o maior desafio dos fornecedores de softwares como serviço é convencer os clientes quanto à segurança dos dados, uma vez que empresas de grande porte sentem receio de armazenar informações sigilosas na nuvem.

Com isso, torna-se necessária uma quebra de paradigmas, ao passo que depender de estratégias tradicionais só atrasa o andamento dos negócios.

Contudo, lembre-se de verificar se o fornecedor garante certificações eficientes, definir políticas seguras de acesso aos dados, garantir que a sua empresa tenha um firewall corporativo de qualidade, entre outros aspectos importantes.

A partir dessas recomendações é possível adotar estratégias que projetam bons resultados para a companhia e deixam o fluxo de trabalho mais produtivo.

Para finalizarmos, avalie as várias opções de SaaS disponíveis no mercado e escolha os programas que realmente se adequam às operações da empresa, evitando gastos desnecessários, problemas de usabilidade ou falhas que possam expor dados sensíveis.

Caso queira uma consultoria para lidar melhor com esse tipo de assunto, aproveite o momento e fale com um de nossos especialistas agora mesmo!

Compartilhe este artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Confira os próximos assuntos

O uso do PIX para fraudes

O PIX ainda nem foi lançado, mas os cibercriminosos já estão utilizando o cadastro prévio para roubar informações. Entenda como funciona e saiba prevenir seus colaboradores.