Você sabe o que é SD-WAN ou como isso funciona? Aprenda aqui!

Com base no aumento exponencial de dados circulantes pela Internet, você há de convir que manter apenas os métodos tradicionais de rede não servirá para cumprir as obrigações das empresas. Com isso, o conceito de SD-WAN ganha muita força.

Os desafios enfrentados pelas equipes de TI vão além do pensamento em soluções de gestão de firewall, programas de antivírus ou adequação às legislações, mas sim buscar formas de tornar a comunicabilidade mais ágil.

As arquiteturas rígidas, manutenções caras e complexidades na cadeia de dispositivos podem se tornar fatores obsoletos em apenas poucos anos.

Sendo assim, trouxemos um compilado de informações básicas sobre SD-WAN e como esse conceito pode ser vantajoso para a sua equipe. Confira!

Mas o que é esse tal de SD-WAN?

No contexto dos tipos de rede, sabemos bem que a WAN (Wide Area Network) tem a missão de abranger uma área além dos limites geográficos da matriz local, certo?

Pois bem, levando em consideração que o fluxo de dados cresceu vertiginosamente entre as empresas, até mesmo para alimentar sistemas de inteligência, nem sempre o tráfego corresponde à expectativa dos gestores.

Em muitos casos, por mais que haja um link dedicado para tornar o fluxo mais eficiente, a comunicação entre estados, países e continentes requer soluções que otimizem o processo para que o tempo não seja um verdadeiro inimigo.

Com isso, surge o conceito do SD-WAN (Software Defined Wide Area Network),  uma forma alternativa de solucionar os problemas com a infraestrutura de rede.

Basicamente, o SD-WAN é uma solução de software que servirá como ponte entre as estações locais de trabalho posicionadas em grandes distâncias, utilizando-se do recurso em nuvem para encurtar o destino e escolher os melhores caminhos.

É uma abordagem diferenciada de conectividade para que as empresas tenham maior eficiência no compartilhamento de dados entre todos os dispositivos interligados.

Como o SD-WAN funciona de fato?

Para que entenda melhor, vamos supor que você preste serviços para uma empresa varejista, cuja necessidade de comunicação com o centro de distribuição e demais canais de marketing é imprescindível para escoar os produtos.

Em uma WAN tradicional, muitos dos processos efetuados teriam um desempenho um tanto lento a depender da estrutura do negócio — algo que influencia negativamente os resultados de vendas.

No entanto, com um software por trás desse sistema, de modo a enviar respostas mais ágeis e dando respaldo para uma tomada de decisão concisa, a virtualização do processo faz com que a varejista do nosso exemplo tenha mais controle sobre a produtividade.

O SD-WAN cria uma espécie de rede híbrida que pode interligar VPNs, redes de banda larga e os famosos serviços wireless.

Vale ressaltar que esse serviço faz também um balanceamento na conectividade, isto é, imaginando que você esteja em uma videoconferência com uma empresa filial e um dos links apresenta instabilidade, logo há uma modificação no circuito de conexão ofertado.

É como se houvesse uma rodovia à parte para aliviar o trânsito em uma grande metrópole em horário de pico, conferindo um retorno rápido e eficiente.

Quais são os principais benefícios do SD-WAN?

Em um esquema que liga empresas, filiais e espaços de data center, obviamente que a tecnologia WAN já não é mais suficiente para suprir as altas demandas de informações.

Tendo isso em vista, veja abaixo quais sãos as vantagens que essa nova arquitetura a partir do SD-WAN pode proporcionar aos mais variados setores do mercado.

Agilidade nos negócios 

Por ter uma proposta de fácil configuração, o SD-WAN promove agilidade na hora de se comunicar com duas ou mais filiais, a fim de unificar as informações e conferir uma tomada de decisão mais acertada.

Isso serve muito para medir e acompanhar o desempenho da equipe de TI de maneira eficaz também, tendo em vista a melhoria na largura de banda e integração de vários sistemas de gerenciamento.

Economia de recursos

Obviamente que uma das primeiras coisas que os gestores querem saber é quanto será desembolsado a mais ou a menos em relação ao método atual, não é mesmo?

Essa tecnologia permite uma economia considerável de recursos financeiros, pois aproveita todo o legado da arquitetura WAN e minimiza os investimentos em CAPEX e OPEX.

Otimização de desempenho

Assim como um carro de fórmula 1 muda o design para conferir uma performance melhor nas pistas, o SD-WAN oferece uma baita otimização de desempenho na usabilidade de aplicativos, plataformas, roteamentos e demais aspectos da rede.

Inclusive, pensando em uma operacionalização baseada em internet das coisas, as empresas podem esquematizar conexões cada vez melhores entre as máquinas.

Garantia de segurança

Em matéria de segurança da informação, essa tecnologia não deixa as companhias desprevenidas diante de cybercriminosos. Isso porque as soluções de software levam na bagagem recursos de criptografia e firewall para ampliar a proteção.

Devida a essa cautela, as chances são bem menores de ataques por meio de malwares e possíveis roubos de dados sigilosos.

Quais são as recomendações quanto à instalação de um SD-WAN?

Assim como acontece com qualquer comercialização de produtos ou serviços, as opções em torno de softwares que disponibilizam essa ponte otimizada e virtualizada da rede WAN oferecem diversas alternativas.

Para tanto, você deve averiguar primeiro o que mais tem a ver com a estrutura e os objetivos da empresa, especialmente visando o orçamento da companhia.

Definidas as prioridades, saiba que a implementação não tem a menor pretensão de ser um processo longo e desgastante, mas sim algo inserido pouco a pouco para não atrapalhar o cotidiano empresarial.

É necessário criar um fluxo de adaptação ao novo sistema, de maneira que a equipe de TI possa se acostumar a essa nova vertente, levando em consideração que isso esteja na política de segurança de dados.

Pondere questões a respeito da escala, orquestração de recursos em nuvem, visibilidade e preço, a fim de tomar a melhor decisão sobre o software escolhido e fazer com que a rede tenha um desempenho aceitável.

Além disso, o SD-WAN deve fornecer VPNs seguras e ser capaz de integrar serviços adicionais, suportando controladores de otimização WAN e redirecionamento de tráfego, por exemplo.

Por fim, se você ainda acha que toda essa infraestrutura envolvendo a implementação de SD-WAN é um tanto complexa, então não se prive de procurar uma empresa especializada no assunto para receber a uma boa consultoria e, com isso, ter as orientações necessárias do que deve ser feito.

Gostou de ler sobre esse assunto? Quer sair da superficialidade do tema e entender um pouco melhor sobre os nossos serviços? Então aproveite que está por aqui e solicite um orçamento agora mesmo!

Compartilhe este artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Confira os próximos assuntos

O uso do PIX para fraudes

O PIX ainda nem foi lançado, mas os cibercriminosos já estão utilizando o cadastro prévio para roubar informações. Entenda como funciona e saiba prevenir seus colaboradores.